sexta-feira, março 27, 2015

Diário Gráfico de Paul Valéry

Algumas páginas do Diário de Bordo, como ele chama, de Paul Valéry, poeta e ensaísta (1871-1945). São pequenos textos e pequenos guaches que não são feitos a pensar na publicação.



quinta-feira, março 26, 2015

terça-feira, março 24, 2015

O Diário Gráfico em Marrocos

A empresa TakingUThere, que organiza viagens a sítios fantásticos, convidou-me a mim e ao Pedro Ribeiro Ferreira para acompanharmos um grupo ao interior de Marrocos, até às cidades de Tinghir e Merzouga, e criarmos uma dinâmica de desenho. Os nove dias serão intensos, obrigando a uma observação e a um registo constante. No Diário Gráfico obviamente. Sairemos de Lisboa de carro direitos a Tânger. 

Em baixo quatro desenhos de uma viagem que fiz há uns anos a Marraquexe. 






domingo, março 22, 2015

Parque dos Poetas em Oeiras

Apesar de, quanto a mim, as esculturas não ajudarem, o encontro, como sempre, foi muito estimulante. Por ordem: Fernando Pessoa, onde nos encontrámos, Eugénio de Andrade, Natália Correia e Florbela Espanca.





sexta-feira, março 20, 2015

Projecto "Pontos de Vista"

O projecto "Pontos de Vista" do NAVE (Núcleo de estudantes de Arquitectura, da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa) e que tem como objectivo promover a partilha de opiniões, ideias e perspectivas expressas através do desenho e de texto, desafiou-me a começar um dos Diários Gráficos que estão escondidos e espalhados pela faculdade, com um mapa na Internet, para que possam ser procurados e desenhados. Fiz este desenho na esplanada do quiosque do jardim das Amoreiras.


quarta-feira, março 18, 2015

Encontro de desenhadores em Aracena, Espanha

É na belíssima cidade de Aracena, perto de Sevilha, que vai decorrer, nos dias 17, 18 e 19 de Abril, o encontro denominado “Encuentro de dibujantes de cuadernos“. Tenho a honra de ter sido convidado para proferir uma conferência que intitulei “Afinal o que é um desenho de viagem?”. Durante a tarde há oficinas com dois dos mais talentosos desenhadores espanhóis: Inma Serrano e Luis Ruiz. Acontecem ainda visitas à Gruta de las Maravillas para desenhar. 

Os desenhos em baixo são de Gabriel de la Riva, desenhador e um dos organizadores destas jornadas.





segunda-feira, março 16, 2015

Inma Serrano na casa-Atelier Vieira da Silva

Para mim a Inma Serrano é uma das maiores referências do desenho feito em cadernos. Seja lá o que isso signifique. Para mim é quando os desenhos nos transmitem o que se está a passar, o que ela está a sentir com o que se passa à volta. Foi por isso que a convidei para integrar o livro que organizei “Diários de Viagem 2” e para vir cá fazer uma oficina na Casa-Atelier Vieira da Silva no dia 28 de março.



domingo, março 15, 2015

Javier de Blas em Tindouf, Argélia

Na província de Tindouf, Argélia, fica um campo de refugiados. Javier de Blas está lá a desenhar num caderno e a publicar no seu novo blog "Viajero en Tindouf". Posteriormente talvez edite em livro.




quinta-feira, março 12, 2015

Casa das Histórias: Carlos Nogueira e João Paulo Serafim

É já na próxima sexta-feira, dia 13 às 21 horas, que regressamos à Casa das Histórias em Cascais para assistir a mais uma conversa com artistas a propósito da exposição “Paródias” de Paula Rego e Bordalo Pinheiro. Desta vez com Carlos Nogueira e João Paulo Serafim sob o tema "No  fundo da mala". 

Em baixo três pormenores da peça de Carlos Nogueira exposta na Culturgest no Porto e sobre a qual ele vai comentar. E duas páginas do diário de João Paulo Serafim referentes ao projecto e exposição “Cosmos”, sobre Arte, Ciência e Óptica, patente na galeria Baginsky em Lisboa.






segunda-feira, março 09, 2015

Exposição em Abrantes

A exposição "O Diário Gráfico. Estar atento ao que nos rodeia" na biblioteca municipal de Abrantes António Botto está dividida em 3 partes: Viagens (Europa do Sul, Cabo-Verde, Marraquexe e América do Sul), Quotidiano e Reportagens gráficas. 

Em baixo 3 desenhos da parte histórica da cidade que fiz entre o almoço e a montagem da exposição.




sábado, março 07, 2015

"Estar atento ao que nos rodeia"

A exposição, a que dei o título "O Diário Gráfico. Estar atento ao que nos rodeia", está na Biblioteca Municipal António Botto em Abrantes até ao dia 2 de Maio. Consiste em cerca de 90 imagens de duplas páginas dos meus cadernos e de 72 cadernos em vitrinas.

O texto que acompanha a exposição: "O desenho feito em cadernos, ou pelo menos como eu o entendo, é um registo rápido, um apontamento, uma recordação de um momento fugaz. Por ser um caderno, um objecto transportável, permite-nos observar em qualquer lugar e circunstância. Não queremos “postais ilustrados”, queremos estar lá, no meio das pessoas, queremos observar tudo de perto, estarmos atentos ao que nos rodeia enquanto desenhamos: os animais que passam, a música que sai da janela, o cheiro da cozinha do restaurante. E, por ser um caderno, um objecto pessoal que só mostramos a quem quisermos, não estamos preocupados com o erro, dá-nos confiança e uma imensa sensação de liberdade".


quinta-feira, março 05, 2015

Martim Moniz

Cheguei antes da hora do começo da sessão do Desenho Cru. Quando passava pelo Martim Moniz aproveitei para desenhar aquela praça.


terça-feira, março 03, 2015

Desenho Cru

Ontem no Desenho Cru. Na primeira parte uma maquilhadora, da qual não fixei o nome, pintava-se calmamente. Na segunda parte o KinaKarvel encenava uma cena pretensamente assustadora.



segunda-feira, março 02, 2015

Casa-Atelier

No sábado passado na Casa-Atelier Vieira da Silva. Depois de desenharmos o jardim com tempos diferentes, fomos para dentro pintar de maneiras diferentes.


quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Artistas em diálogo

Um pormenor do desenho em baixo, feito no caderno já há uns anos, serviu para o postal de divulgação do ciclo de conferências a que chamámos "Artistas em diálogo". Convidámos artistas para reflectirem sobre o seu trabalho, o seu método, o que os inspira. Vejam o programa em baixo, ou façam a ligação aqui.



terça-feira, fevereiro 24, 2015

Revista Blimunda

Salta é uma cidade ao norte da Argentina perto da fronteira com a Bolívia. Retomo aqui no blog a viagem à América Latina a propósito da crítica/reflexão feita pela Sara Bartolomeu Costa ao livro "Diários de Viagem 2" na revista Blimunda da Fundação José Saramago. Podem descarregar aqui, ler o artigo, ler o resto da revista e partilhá-la com quem quiserem.


domingo, fevereiro 22, 2015

O tempo

Terraço da Mãe d'Água. As três vistas a partir do terraço. Representar uma vista com tanta informação é sempre um desafio. Obriga-nos a seleccionarmos o que queremos representar. A simplificar. A não ser que estejamos ali várias horas. Ou dias. Mas isso é outra coisa...




sexta-feira, fevereiro 20, 2015

Mancha de cor

Aplicar a mancha directamente com um pincel grosso. Finalizar com a linha, mas pouco. No domingo o percurso verde desde o Jardim Amália Rodrigues até ao cimo do morro, um miradouro para olhar à volta.



quinta-feira, fevereiro 19, 2015

Mãe d'Água

A Mãe d'Água é desenhável por dentro e por fora. No sábado pelas 14 horas vamos entrar e desenhar o interior e a vista sobre Lisboa a partir do terraço. Apareçam.


terça-feira, fevereiro 17, 2015

Circo Místico

No exterior do “Circo Místico”. Tentei desenhar o elefante de boca aberta, mas ele era demasiado brincalhão. Os camelos já eram mais calmos.





segunda-feira, fevereiro 16, 2015

Casa-Atelier

O escadote-banco azul parece que era um objecto de estimação de Vieira da Silva. No sábado passado, na Casa-Atelier Vieira da Silva, Nuno Matos Silva aproveitou-o para falar sobre desenho. E aproveitou muito bem.


segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Monsanto. Vista de 360º

Fui fazer parte do percurso proposto pela Câmara Municipal de Lisboa para o 72ºEncontro USkP no próximo domingo dia 15. Parei no primeiro miradouro e fiz três desenhos rodando quase 360º.