quarta-feira, dezembro 28, 2016

Azores News

Nunca me considerei ilustrador. Desenho o que vejo, tento passar para o papel, com alguma selecção inevitavelmente, espaços, pessoas ou coisas que sejam marcantes, pelo menos para mim, naquele momento. Quando não tenho, à frente, o que me pedem para ilustrar, vou procurar outras imagens idênticas. Mas esse desenho não tenta explicar, nem acrescentar, nem dar outra visão do que está escrito ao lado. Tenta só dizer “eu estive lá e vi isto” ou “se eu estivesse lá era isto que via”.

Em baixo a ilustração para o jornal Azores News, cuja minha colaboração será mensal e acompanhará textos da jornalista Patrícia Carreiro. Aqui o jornal com o texto.


terça-feira, dezembro 20, 2016

Os solistas da Metropolitana

No sábado passado no auditório do Museu Arpad-Vieira os solistas da Metropolitana a tocar Beethoven e Mozart. Simplesmente maravilhoso.


domingo, dezembro 18, 2016

O desenhador não estava lá

Ao fazer este desenho (saiu hoje no jornal Público, suplemento P2), e outros anteriores, lembrei-me de uma secção que saía no jornal, entretanto desaparecido, Diário Popular que se chamava “O fotógrafo não estava lá”. (se não sabes o que é, vê aqui no extraordinário blog Almanaque Silva). Neste caso o fotógrafo estava lá, em Alepo, o desenhador é que não.


sexta-feira, dezembro 16, 2016

Basquiat

Os sketchbooks de Jean Michel Basquiat (que logo na introdução dizem que não são sketchbooks mas sim notebooks) têm uma grande predominância de palavras e muito poucos desenhos. Revelam a importância que a palavra teve na sua obra. Para um desenhador é uma desilusão, mas um tesouro para um coleccionador.



terça-feira, dezembro 13, 2016

No Jardim das Amoreiras

Tomar um café na esplanada do quiosque do Jardim das Amoreiras. E o jardim está lindo. O amarelo é mais bonito do que este do desenho. Vão lá ver.


segunda-feira, dezembro 12, 2016

A Igreja Matriz de Caminha

A Igreja Matriz e a muralha construida por altura da Guerra da Restauração.



sexta-feira, dezembro 09, 2016

A Rua Direita de Caminha

Logo no início da rua Direita, em Caminha, encontramos à direita o Largo Calouste Gulbenkian e, mais adiante, à esquerda, outro largo com uma enorme árvore no meio e uma grande história por detrás, o Largo do Posto do Turismo.



terça-feira, dezembro 06, 2016

Casa Dino

No fim da rua de S.João uma loja quase centenária: a Casa Dino. Atrás do balcão duas senhoras, mãe e filha, as senhoras donas Maria José.


domingo, dezembro 04, 2016

Os Reis de Espanha e a colecção Miró

A ilustração que fiz para o jornal Público suplemento P2 que saiu hoje. A visita dos Reis de Espanha à colecção Miró. Neste caso era indispensável o casal real ser reconhecido. Estará? Aqui a dupla página do jornal.


sexta-feira, dezembro 02, 2016

A Biblioteca de Caminha

Caminha não tem uma única livraria mas tem uma excelente biblioteca. Este edifício em pleno centro histórico, apesar de ser dissonante com o resto dos edifícios, parece-me integrado na malha urbana. O desenho não lhe faz jus.



quarta-feira, novembro 30, 2016

Alunos em Caminha

Quando desenho alguém, conheça ou não, não costumo pedir para posar. Acho que fazer isso tira a naturalidade. E não tenho a preocupação de “ficar parecido”. Acho que não é o mais importante. Mas quando alguém me pede que assine o seu caderno e me pede um desenho, faço-lhe o retrato. E, neste caso, quase sem levantar a caneta e em poucos segundos, tento que fique parecido. Foi o que aconteceu com a turma do 11ºano da escola secundária de Caminha.



terça-feira, novembro 29, 2016

Travessia do rio Minho

O comandante do ferry-boat que faz a travessia do rio Minho de Portugal, Caminha, a Espanha é o senhor Manuel Porto. Durante a viagem ele contou-me como tinha aprendido a sua profissão e as dificuldades que ela tinha. Esta travessia, por exemplo, é muito complicada devido às diferenças de nível da água que está sempre a variar, havendo mesmo um grande perigo do barco encalhar, o que já lhe aconteceu. Fiz um desenho para lá e outro para cá.



segunda-feira, novembro 28, 2016

Caminha

Desenhei o largo do Chafariz quando estava a chuviscar. Saí depois pela rua de S.João. Havia poucas pessoas na rua.




domingo, novembro 27, 2016

Caminha

Na Escola Secundária de Caminha o professor sai para a rua com os alunos para desenhar e ele próprio também o faz. E isso faz toda a diferença.





sexta-feira, novembro 25, 2016

Quinta do Ferro

No domingo passado estive na Quinta do Ferro. Um espaço muito perto da Feira da Ladra e que está a precisar de intervenção. Quem a vai fazer é o atelier do arquitecto Tiago Saraiva. Os Amigos da Quinta do Ferro organizaram um magusto no Mercado de Santa Clara para iniciar o processo e depois fomos para lá desenhar. Aqui está todo o processo explicado.



domingo, novembro 20, 2016

Pessoas

Pessoas no Museu Arqueológico do Carmo. Umas a tirarem fotografias outras a olharem para o telemóvel.


Pessoas na estação de Metro do Campo Grande a tirarem o bilhete.


sexta-feira, novembro 18, 2016

Desenhar no metro

Tenho feito ultimamente mais desenhos no metro. Não porque ande mais de metro mas porque é um verdadeiro desafio. Muitas pessoas juntas num pequeno espaço cria grandes dificuldades. Pessoas mesmo à nossa frente ou ao nosso lado podem ver o que estamos a fazer. E no metro de Lisboa há dificuldades acrescidas. Por ser uma rede curta o tempo entre as paragens é menor, estando sempre pessoas a entrar e a sair.

Ver aqui publicado no blog USk.


terça-feira, novembro 15, 2016

As elites e a Cultura

O que é o elitismo na Cultura? Uma pergunta lançada pela associação “Acesso Cultura” na Casa Fernando Pessoa hoje ao fim da tarde.


domingo, novembro 13, 2016

WebSummit

Alguns dos apontamentos que fiz para a ilustração que sai aos domingos no jornal Público, suplemento P2, na rubrica intitulada “Semana ilustrada”. Esta semana o tema era o WebSummit. E o resultado final por último.






sexta-feira, novembro 11, 2016

Metro

Mais uma viagem, desta vez na linha amarela do Campo Grande até ao Rato.


terça-feira, novembro 08, 2016

sexta-feira, novembro 04, 2016

No metro outra vez

Hoje outra vez na linha amarela. Agora do Rato ao Campo Pequeno.


quinta-feira, novembro 03, 2016

Na linha amarela

Hoje no metro na linha amarela do Rato até ao Campo Grande.


domingo, outubro 30, 2016

Refugiados em Calais

Recolocação dos refugiados que estavam na denominada "Selva" em Calais. A ilustração que saiu hoje, domingo, no suplemento P2 do jornal Publico. Ver aqui a dupla página do jornal.


sábado, outubro 29, 2016

Inma e Miguel

A Inma é muito fácil de retratar. O Miguel, menos, mas também. As propostas não eram exactamente como fiz. Mas gostei de realçar o facto de este tipo de desenho registar muitas vezes, por forças das circunstâncias, pessoas inacabadas.


segunda-feira, outubro 24, 2016

Coliseu dos Recreios

Alguns dos desenho feitos ontem no Coliseu dos Recreios. A sala, sem gente, estava fria e cinzenta.






sexta-feira, outubro 21, 2016

Castelo Branco

E ainda o último desenho que fiz em Castelo Branco, depois de dar uma volta a recordar algumas memórias.


quarta-feira, outubro 19, 2016

Castelo das Artes

Integrados na iniciativa Castelo das Artes andámos por aldeias, algumas algo isoladas, do concelho de Castelo Branco. O Castelo das Artes pretende, por meio de residências artísticas, “misturar” artistas contemporâneos com os habitantes destas aldeias. Fomos, no sábado, a Martim Branco (aldeias do xisto), a Almaceda e, depois do almoço, a Ingarnal (a mais alta e isolada do concelho). No domingo estivemos na ponte da Taberna Seca no rio Ocreza.